Perguntas de resposta aberta

Quando pretendemos explorar as respostas a uma questão deparamo-nos com a necessidade de utilizar uma pergunta de resposta aberta. Por exemplo, pode ser necessário saber quais as profissões das pessoas da amostra. Neste caso, na pergunta 6.Profissão o respondente escreve por extenso a sua profissão.

Para criar esta variável no SPSS, define-se como string, conforme abaixo se indica, com tamanho para 30 caracteres. Caso se torne necessário aumentar posteriormente o tamanho do campo, procede-se de igual forma.

variável string

Em Data view, a introdução dos dados relativamente a esta variável apresenta-se da seguinte forma:

variavel string1

Um dos cuidados a ter é utilizar sempre a mesma forma de escrita. O uso de maiúsculas e minúsculas pode dificultar o trabalho posterior e obrigar a rectificações. Por exemplo, introduzir a profissão Contabilista ou contabilista tem implicações futuras na recodificação da variável: serão contabilizadas duas diferentes profissões.

O primeiro passo é pedir uma tabela de frequências para termos uma ideia dos dados. É aberto o seguinte ficheiro de output no SPSS, onde consta a tabela de frequências.

variavel string-freq-output

Torna-se necessário recodificar esta variável para uma melhor apresentação dos resultados, ou mesmo em caso de pretendermos realizar outro tipo de análise estatística. O primeiro passo será a atribuição de valores numéricos a cada uma das profissões. Esta transformação só deverá ocorrer depois de todos os dados estarem inseridos na base de dados. Nas imagens seguintes apresentam-se os passos para tal (para ver maior carregue em cima da imagem).

variavel string3-1variavel string3-2

 

 

 

 

 

 

154 thoughts on “Perguntas de resposta aberta

  1. Gilberto Neves

    Por ex. quando temos uma pergunta do tipo: o que achas que deveria ser mudado nesta empresa?____________________________.
    A pessoa poderá dar mais do que uma ideia de mudança. Neste caso como eu poderia inserir tais informações no SPSS?

    Reply
    1. Teresa Post author

      Vai ter de criar uma variável para cada resposta e definir os valores que assume, sendo 0= não assinalou e 1= assinalou.

      Por exemplo, uma pessoa responde: equipamento mais confortável; diminuição do número de trabalhadores por sala; melhor iluminação. Vai criar 3 variáveis: melhorar equipamento; salas com poucos trabalhadores; melhorar iluminação. Estas variáveis serão nominais com 2 níveis de resposta:0=assinalou e 1= não assinalou. No caso deste respondente vai assumir 1 como resposta em cada uma das variáveis.

      Um outro respondente que responda que é necessário melhorar a iluminação e as salas terem janelas, terá de criar uma nova variável (sala com janelas) em que vai assinalar 1. Assinala também 1 na variável melhorar iluminação. Nas restantes variáveis vai assinalar 0 como resposta.

      Reply
    1. Teresa Post author

      Neste quadro específico irá relatar que na amostra existem 2 mecânicos e 2 pessoas que trabalham em call centre e que as restantes pessoas da amostra têm profissões de áreas diversas como o jornalismo, arquitectura, assistente dentário. Caso pretenda aglomerar as profissões poderá faze-lo por classes: Dirigentes; Especialistas das profissões intelectuais e científicas;Técnicos e profissionais de nível intermédio; Pessoal administrativo e similares; Pessoal dos serviços e vendedores; Operários industriais e da agricultura e pesca. Desta forma, os dados estarão mais juntos e será mais fácil relatar os mesmos.

      Reply
  2. Albina Dias

    Bom dia,
    Criei um pergunta com 8 possíveis respostas, em que os respondentes poderiam assinalar mais do que uma resposta, nenhuma ou todas. Ou seja tenho questionários com respostas diferentes quer em resposta quer em número de possibilidades assinaladas à mesma pergunta. Como devo introduzir isto na base de dados?
    Obrigado, Albina

    Reply
    1. Teresa Post author

      Tem de criar uma variável para cada resposta. Cada variável terá dois níveis de resposta: 1=assinalou ou 0=não assinalou.

      Reply
  3. Joana

    tenho uma pergunta no questionário em que podem escolher vários tipos de doenças.
    por exemplo: 1-cronica; 2-gastrica; 3-nervosa; 4-outras

    no spss, na coluna, quando os inquiridos respondem a mais que uma opção, aprece-me por exemplo 1;3 (que significa que tem uma doença cronica e nervosa). como faço para transformar? tenho de fazer variáveis múltiplas?

    Reply
    1. Teresa Post author

      O melhor nesses casos será criar 4 variáveis em vez de apenas uma. Veja em cima o comentário da Albina Dias e a respectiva resposta.

      Reply
    1. Teresa Post author

      Nesses cass pode criar uma variável nova que considere que a pessoa tem duas profissões e escolhe uma delas.
      Por exemplo, em termos de profissão liberal na Direção Geral de Finanças e nos casos em que uma pessoa tem mais do que uma actividade, aquela que é a mais lucratia é a que é considerada a profissão da pessoa. Daí que não esteja errado escolher apenas uma.

      Reply
  4. Viviane Bastps

    Estou tendo problemas com variáveis nominais como entrada do fator da Anova one-way. Quando coloco caracteres de letras dentro da célula, ele não reconhece a coluna para ser escolhida como variável para o teste. Eu estou substituindo por números, e está sendo aceito, mas nos gráficos gostaria de os nomes das variáveis nominais, não números. Como posso resolver este problema?
    Grata pela atenção.

    Reply
    1. Teresa Post author

      Tem de colocar o nome na coluna “label”- corresponde ao nome da variável. E, na coluna “values” tem de colocar o número e o nome para cada número. Assim, quando forem realizadas as tabelas, aparecerá o nome de cada número.

      Reply
  5. joão Carvalho

    Boa Noite. Estou a realizar o meu relatório de estágio e uma das perguntas no meu questionário é: “Quais as peças dentárias cariadas?”. Esta pergunta pode ter 32 hipóteses… por ex pode ter o dente 1.1, 1.2, 4.5. Gostaria de saber como é que faço no spss.
    Obrigado

    Reply
    1. Teresa Post author

      No seu caso terá de criar tantas variáveis quantos os nº de dentes. Para cada dente terá apenas duas categorias de resposta: 0-Não e 1-Sim.
      Categorizando o “Não”como 0 (zero) poderá ter no final o total de dentes cariados.

      Reply
  6. Mafalda Dias

    Boa noite! Estou a criar a minha base de dados do meu questionário de tese de mestrado. Uma das minhas questões é se tem filhos e quantos. Terei que criar uma variável para o “numero de filhos” certo? E essa variável é ordinal certo? Coloco alguma coisa na parte do “values”? Obrigado.

    Reply
    1. Teresa Post author

      Na 1ª questão- Tem filhos- a resposta é zero ou um (Sim/Não).
      Na pergunta de resposta aberta basta que escreva o número de filhos e, como é uma variável de escala, não escreve nada em ‘value’.

      Reply
  7. Patrícia Ferreira

    Bom dia,
    Antes de mais queria felicitá-la pelo site, que está muito bom e é bastante útil.
    No questionário que estou a trabalhar tenho algumas questões de resposta aberta , em que os sujeitos de estudos dão variadas respostas e fiz esse processo de encontrar respostas semelhantes e recodifiquei essas categorias manualmente, ainda antes de inserir no spss, analisando todos os questionários um por um. Este processo é correcto desta forma?
    Tenho ainda uma outra questão, em duas das questões de resposta aberta em que se pede aos sujeitos sugestões, existem 3 sujeitos que dão mais do que uma sugestão. A minha questão é: apenas por estes sujeitos tenho que transformar todas as respostas em variáveis e depois colocar se o sujeito assinalou ou não a resposta ou existe outra forma de inserir estes dados no SPSS?
    Obrigada.

    Reply
    1. Patrícia Ferreira

      Tenho ainda uma outra questão, numa das questões, nomeadamente Qual a função que desempenha? As pessoas acrescentam respostas, quando apenas é suposto que assinalem com uma cruz numa das opções disponíveis. Algumas das respostas são novas opções outras encaixam nas categorias, sendo que deviam ter assinalado uma das respostas disponíveis. A minha questão prende-se com o seguinte: devo aceitar estas respostas, aumentando as opções ou assinalando as respostas correctas, ou não aceito as respostas?
      Mais uma vez obrigada!

      Reply
      1. Teresa Post author

        Se as respostas vão enriquecer o seu trabalho, não as deve descurar. Basta criar mais uma ou outra categoria de resposta ou reorganizar as funções por: funções intermédias, de topo, …ou de outra forma que faça sentido para o seu estudo.

        Reply
    2. Teresa Post author

      Obrigada, Patrícia.
      Sim, é correcto organizar desde logo as respostas porque a introdução de dados fica mais homogénea.
      Caso escreva uma profissão por extenso com letra maiúscula e outra exactamente igual com letra minúscula, na recodificação automatica o SPSS vai considerar duas categorias de resposta. Então facilita muito o trabalho organizar logo as respostas aquando da introdução dos dados.

      Quanto à 2ª questão, se apenas tem 3 sujeitos é mais fácil descrever num parágrafo as sugestões e não as trabalhar no SPSS. O software existe para facilitar o trabalho e não para o dificultar.

      Reply
  8. Catarina Soares

    Boa noite. Estou agora a criar uma base de dados onde tenho uma questão onde podem ser seleccionadas várias respostas. A questão é: através de que meios recebe informação sobre a organização. Os indivíduos podiam seleccionar várias opções de entre as quais estavam: Facebook; E-mail; Site; Outro. Para a opção ‘outro’ como devo proceder?
    Obrigada!!

    Reply
    1. Teresa Post author

      Pode escrever as respostas e posteriormente fazer a recodificação automática. Este procedimento cria, reagrupando, categorias de resposta.
      Depois terá de analisar se não estarão repetidas. Atenção que, para o SPSS, Jornalé diferente de jornalou jornais.

      Reply
  9. André

    Olá boa tarde,
    Tenho uma duvida se alguém poder me ajudar ficaria muito grato pois não acho nada sobre na net.
    Duvida: Eu tenho duas Variáveis e quero fazer um teste de independência no caso qui quadrado , a Var1 não é uma múltipla já a Var2 é múltipla podendo ter atá 3 respostas diferentes, gostaria de saber como fazer um teste de independência com esse tipo de cruzamento?

    Reply
    1. Teresa Post author

      Para o teste do Qui-quadrado seguir os passos: Analyze/Tables-Custom tables. Arrastar uma variável para a barra esquerda do quadrado e outra para a barra do topo do quadrado. Escolher Test Statistics no pequeno menu da janela aberta e escolher Tests of Independence(Chi-square). OK

      Reply
  10. Inês Calazans

    tenho algumas dúvidas: em relação a uma pergunta “Você trabalha (criei SIM; NÃO), porém na pergunta em sequência: ” Se sim, qual a sua carga horária?” É preciso criar variável ordinal a partir desta???

    Reply
    1. Teresa Post author

      A resposta de sequência será uma nova variável que será quantitativa já que as respostas serão entre 1 e 24 horas.

      Reply
  11. Iris Campos

    Boa tarde, desde já obrigada pela informação prestada neste site! Gostaria de colocar a seguinte questão, tenho os dados do meu questionário numa folha de excel previamente configurada para o SPSS (com as variáveis e respostas nas colunas e linhas respetivamente) e quando vou abrir no SPSS para poder analisar o dados como por exemplo o alfa de cronbach apenas me é possível analisar 4 das 67 variáveis que possuo. O que poderia fazer para que os dados funcionem corretamente no SPSS? Obrigada

    Reply
    1. Teresa Post author

      Tem que ver no SPSS se as variáveis estão identificadas erradamente (em Measure no variable view): variáveis sim/não como variáveis de escala em vez de nominais; variáveis de escala como variáveis ordinais ou nominais. Também tem de ver no SPSS se as variáveis estão como numéricas ou string (em type no variable view).
      E, por fim, tem de pedir estatísticas apropriadas a cada tipo de variável. Para variáveis nominais e ordinais tem de pedir N e % em Analyze tables. Para variáveis de escala tem de pedir média, desvio padrão, etc em Analyse/Descriptive Statisticas/Frequencies.

      Reply
  12. Silvia

    Olá. Gostaria de saber como devo proceder para introduzir dados de questionários como Oswestry, Roland Morris and Escala analógica da dor

    Reply
      1. Silvia

        Obrigada.
        É assim, um dos questionários simplesmente possui 24 afirmações em que o paciente coloca uma cruz se considerar a afirmação como sendo verdadeira. Depois é contado o número de respostas seleccionadas e é dada uma pontuação. A minha dúvida é se neste caso em vez de escrever as afirmações se simplesmente posso usar a pontuação dada a resposta.

        Reply
  13. Pedro

    Olá
    Estou a utilizar o SPSS pela primeira vez para a tese de mestrado, e como tal tem me surgido bastantes duvidas. Será possível ajudar-me?
    Trata-se de uma análise de estimativa de idade onde tenho os dados de duas análises diferentes ou seja, tenho a idade real dos indivíduos (entre 30 anos e 90 anos) e tenho duas estimativas diferentes para a idade estimada. Nestas condições defino três variáveis distintas? para a idade utilizo a variável de escala? O numero de dados total é de 100 amostras (30 femininos e 70 masculinos) preciso definir uma nova variável para o sexo, esta variável é ordinal ou pode ser escalar também? acresce a isto o facto da estimativa da idade ser dada pelo tipo de dente analisado (12 dentes no total) e cada dente ser definido por um numero (por exemplo incisivo superior central é o numero 11) para cada dente defino uma variável diferente? escalar?
    agradeço a atenção e ajuda prestada. Cumprimentos

    Reply
    1. Teresa Post author

      A variável sexo é qualitativa e nominal (feminino e masculino), nunca pode ser ordinal ou de escala.
      Quanto à idade, define 3 variáveis distintas, Pode até ver se existem diferenças estatísticas entre a idade real e a estimada a partir do dente.
      Para cada estimativa d idade (dada por cada dente) define uma variável nova, de escala.

      Reply
  14. Vera Cruz

    Boa noite, ao inserir as variáveis do questionário do SPSS esqueci-me de colocar a segunda questão. Como poderei fazê-lo sem ter que apagar tudo?

    Muito obrigada desde já.

    Reply
  15. Vera Cruz

    Esta questão já está resolvida! Obrigada. Mas tenho outras: Estou a fazer o tratamento de dados de 150 questionários sobre a eliminação do uso dos sacos de plástico. A maior parte das perguntas são abertas o que dificulta a criação das variaveis. Por exemplo: tenho a pergunta “Costuma utilizar sacos de plástico? Resposta sim ou não. Se sim, a pessoa tem k responder quantas vezes. Mas não é dado nenhum intervalo; uns responderam 3, outros 2 a 3, outros 7, outros 7 a 8 vezes… e por aí fora. Qual a melhor forma de criais variaveis para questões destas?
    Outra questão, para a pergunta “Na sua opinião o que deveria ser feito para reduzir/eliminar o impacto dos sacos” Cada pessoa escreveu da sua forma, por exemplo, campanha porta-a-porta, campanha de sensibilização, campanhas na rádio e na tv..e por ai fora… como poderei criar as variaveis?

    Muito obrigada desde já.

    Reply
  16. Vera Cruz

    Outra questão, em que é que deve basear para selecionar o Values, Type, Align, e measure (scale, ordinal o nominal)
    Espero ter explicado bem as minhas questões.

    Obrigada.

    Reply
    1. Teresa Post author

      Values corresponde aos valores que essa variável pode assumir (categorias de resposta). Por exemplo 0=Não;1=Sim. Outro exemplo: 1-solteiro;2-casado, etc

      Type corresponde ao tipo de variável: numérica caso assuma valores numéricos; string se assumir valores alfanuméricos; Date caso se trate duma data, etc

      Allign é automático dependendo do type.

      Measure é a medida da variável: nominal para uma variável qualitativa. Por exemplo se é solteiro, casado ou viúvo. Ordinal para uma variável em que o 1 é maior do que o 2 mas cujos intervalos entre os números não são iguais. Por exemplo: 0- não sabe ler nem escrever; 1-ensino básico; 2- ensino superior. Variável de escala é qualquer variável quantitativa em que 1 vale mais que 2 e cujos intervalos são exactamente iguais. Por exemplo: 0-nada satisfeito;1-satisfeito; 2-muito satisfeito.

      Reply
  17. Vera Cruz

    ViVA,
    Muitissimo obrigada pelo esclarecimento! Foi excelente. Mas estou com outro problema, quando apararece por exemplo a pergunta “costuma utilizar outros tipos de sacos?” Atribui valores de 1- para sim e 2 para não. E na sequência vem a pergunta “se sim diga quais”. Fiz como me demonstrou, para perguntas abertas colocando em string. E para as pessoas que responderam não, deixo o espaço em branco?

    Reply
    1. Teresa Post author

      Deixa em branco. Essas respostas não serão contabilizadas porque dos 100 inquiridos, 20 usam outros tipo de sacos. Os 20 passarão a ser 100% das pessoas que usam outros tipos de sacos, dos quais x% usam sacos de pano; Y% usam sacos de compras comprados nos supermercados, Z% usam carrinho, etc.

      Reply
  18. Carla

    Boa tarde,

    estou a carregar as respostas de uns questionários numa BD de SPSS, acontece que, em determinadas perguntas houve pessoas que escolheram mais do que uma opção, como posso fazer para na “Data View” inserir os números das várias opções? Pois já tentei 1,2 e 1-2.

    Muito obrigado,
    Carla L

    Reply
  19. Cláudia

    Boa tarde,

    Estou a realizar a minha tese de mestrado e estou com dificuldade em criar as variáveis.
    Gostaria de saber se me podiam ajudar.

    Tenho a pergunta: Participa em actividades extra curriculares? Com a opção de sim ou não, essa já criei. O problema é que depois pergunto: se respondeu sim, quais? E obtive várias respostas, muitas das pessoas enumeraram várias actividades até. Tentei codificar cada um e depois com opção de sim ou não mas fica enorme, não há outra forma de lidar com este tipo de respostas abertas que têm mais que uma resposta?

    Obrigado

    Reply
  20. Aíla Araujo

    Olá boa noite, na minha dissertação usarei o spss pela primeira vez e estou com muitas dúvidas para construir meu banco de dados, por exemplo não usarei pessoas mas municipios do Brasil como unidade de análise, além de variaveis como sexo, idade, cor/raça entre outras mas minha duvida é como fazer para inserir os municipios na vista de variaveis.

    Grata desde já

    Reply
    1. Teresa Post author

      Não sei se entendo a sua questão. Se tem sexo, idade, etc, significa que os inquéritos serão respondidos por pessoas. Essas pessoas moram num determinado município a que atribuirá um código (1-Paraná, 2- são Paulo, por ex.). Posteriormente poderá pedir frequências dos dados dos residentes em cada um dos municípios. Espero ter respondido à sua questão.

      Reply
  21. Igor BUENO

    Olá,
    estou desenvolvendo um banco de dados mas tenho dúvida em como criar a variável de grau de importância. por exemplo.
    ” Na sua opinião, quais os setores da economia se beneficiam com a Copa do Mundo ( numero em ordem de importância)
    (4) Turismo
    ( 2) serviços
    (3) comércio
    (1) Hotelaria
    etc..
    Como desenvolverei no banco para inserir esses dados?

    desde já agradeço

    Reply
    1. Teresa Post author

      Pelo que percebi, cada indivíduo avaliou a importância do turismo, dos serviços, etc numa escala que variou entre 0 e 5 (por exemplo).
      Se é este o caso, terá de criar uma variável da importância do serviço, outra para a importância do turismo, etc.

      Reply
  22. Eduarda Pinto

    Boa tarde!
    Estou a desenvolver a minha tese de mestrado e de momento surgiu-me uma dúvida que talvez possa ser a dúvida de muitos.
    É o seguinte: tenho um conjunto de variáveis que se inserem em quatro dimensões. Por exemplo as variáveis LEM1, LEM2 e LEM3 fazem parte da dimensão Lealdade à Marca, as variáveis QP1 e QP2 fazem parte da dimensão Qualidade percebida, e assim por adiante.
    Para realizar o teste da normalidade dos dados (teste de Kolmogorov-Smirnov) tenho todo o interesse em agrupar as variáveis pela dimensão, calculando assim a Lealdade à Marca Total, a Qualidade Percebida Total, e não as variáveis de forma independente.

    Saliento ainda que cada variável foi avaliada numa escala de 7 pontos de likert.

    Agradecia imenso a sua ajuda.
    Parabéns pelo blog, está muito bom!

    Reply
  23. Margarida

    Bom dia, estou a fazer o tratamento de resultados da minha tese com o SPSS versao 23 e tenho 2 questoes:
    1) como faço quando tenho uma pergunta com mais do que 1 resposta

    2)no meu inquerito existe um quadro onde as pessoas tinham de por toda a medicação que usavam, qual a melhor maneira para fazer o tratamento de dados do quadro.

    Reply
    1. Teresa Post author

      1) Para cada resposta deve ser criada uma variável.
      2) Imagino que tem uma infinidade de respostas diferentes. Pode agrupar por tipo de medicamento ou por tipo de patologia tratada pelo medicamento.

      Reply
  24. Tânia Costa

    Olá,

    preciso de ajuda urgente!!
    No SPSS ao inserir a variável, ele só aceita um determinado numero de caracteres.
    no entanto, eu preciso de colocar a questão inteira, por ex. variável 1 : no desempenho das minhas funções sempre trabalhei em equipa com outros colegas
    O SPSS não aceita a frase inteira. nao há como contornar isso?

    obrigada!!
    aguardo resposta, por favor

    Reply
  25. Juliana

    Como fazer em casos que a pessoa pode escolher duas respostas? ex: Qual dos criterios abaixo voce utiliza?
    1. preço
    2. qualiade
    3. entrega
    4. facilidade de pagamento

    A resposta pode ser mais de uma opcao.
    preço e qualidade.

    ATT,

    Reply
  26. Susana

    Eu queria fazer a distribuição dos participantes por sexo e escalão etário. Para saber a frequência e a percentagem de cada sexo e de cada intervalo de idade,
    [65 – 75[
    [75 – 85[
    [85 – 95]
    Podem ajudar-me por favor?
    Obrigada

    Reply
    1. Teresa Post author

      Tem de criar uma nova variável para a idade.
      No Menu TRANSFORM – RECODE INTO DIFFERENT VARIABLE, escolhe a variável IDADE para a caixa. Na caixa Output Variable tem de dar um nome à variável, por ex: Idade_classe e carrega em CHANGE. Carrega em OLD AND NEW VALUES e determina a RANGE 65-75 em Old Value. Em New Value dá a esta categoria o valor 1. E continua até ter chegado ao fim das categorias

      Reply
  27. Ana Carla

    Boa tarde,

    Irei usar pela primeira vez o SPSS. No questionário estou avaliando diversos subcritérios à luz da importância e do desempenho. Os respondentes tiveram que marcar um x ente 1 até 5, e NA caso não se encontre apto para avaliar o item em questão. Se eu inserir o NA com o valor 0, minha média diminuirá, e se eu inserir com qualquer outro valor, a média aumentará. Como faço para trabalhar com este NA na planilha? No excel, basta eu colocar um asterisco, no SPSS eu já não sei. O objetivo é calcular o Alfa de Crombach.

    Minha outra dúvida é que cada critério agrupa diversos subcritérios. Como insiro o critério no SPSS para depois calcular o Alfa também?

    Reply
  28. Cátia

    Boa noite,

    Estou a ter bastante dificuldade ao criar as variáveis do meu questionário.
    Tenho uma questão que é: Quais os incentivos que a empresa utiliza? 1)incentivos individuais 2)incentivos de grupo 3)ambos 4)incentivos organizacionais 5)Não se aplica
    O inquirido pode escolher mais do que uma opção.
    Já li que devo criar novas variávéis para cada uma das opções. Mas será que não posso simplesmente no Variable View criar as categorias: 1-incentivos individuais; 2-incentivos de grupo; 3-incentivos de grupo e individuais; 4-incentivos organizacionais; 5-incentivos individuais e organizacionais; 6-incentivos de grupo e organizacionais; 7-não se aplica
    Posso fazer assim? Ou só posso meter categorias como está no inquérito?

    Outra questão:
    Só notei um erro numa questão a meio ou quase no fim da difusão do inquérito. Numa questão eu perguntava: Utilizam que tipos de benefícios? 1- seguro de vida 2-check up 3-seguro de acidentes pessoais 4-dias de férias extra, etc etc. No entanto, por lapso só dava para o inquirido assinalar uma opção, quando deveria dar para assinalar mais, era o objetivo da questão. O que faço com esta questão? Eu descobri isto às 89 respostas. Devo até às 89 respostas, nesta questão, colocar em branco, e só a partir dai colocar respostas?
    É complicado explicar por texto, espero que tenha compreendido.

    Aguardo ansiosamente uma resposta
    Cátia Soares

    Reply
    1. Teresa Post author

      Se as pessoas escolheram mais do que uma opção vai ter de criar uma variável para cada categoria de resposta.

      Parece-me que para a sua segunda questão não deve alterar nada para poder trabalhar os dados de forma uniforme. Excepto se 89 pessoas é um número ínfimo da amostra total que pretende recolher.

      Reply
  29. Isabel

    Bom dia,

    Tenho uma base de dados recolhida por meio de um inquerito, mas agora verifico que tenho algumas “não respostas” a alguns items. o que devo fazer?

    Obrigada

    Reply
    1. Teresa Post author

      Pode definir os “missing values” na base de dados em variable view. Normalmente utiliza-se o 99. Introduz sempre esse valor quando estiver a dar entrada dos dados em falat

      Reply
  30. Joana Nunes

    Boa tarde!
    Eu estou a fazer um estudo e uma das variáveis refere-se ao uso de suplementos, sendo que as opções de resposta são “sim” ou “não”.
    No entanto, dentro dos doentes “sim” (isto é, que tomam suplementos), interessa-me avaliar quais os suplementos utilizados. Por exemplo, se estão a tomar o suplemento A, B, C ou D. Para isso devo criar uma nova variável, certo?
    No entanto, o que devo colocar nos doentes que responderam que não tomam suplementos? Devo criar um “value label” com “não aplicável”?
    O problema é que quando for fazer a análise estatística vai-me aparecer uma determinada % de doentes com resposta “não aplicável”, quando na realidade eu não os quero contabilizar. Quero apenas perceber, dentro dos doentes que responderam que tomam suplementos, qual a sua distribuição pelos diversos suplementos. Como posso fazer para ultrapassar esse problema?
    Não sei se fui suficientemente clara, mas desde já agradeço por toda a atenção disponibilizada!

    Reply
    1. Teresa Post author

      Tem de fazer as análises apenas com os respondentes que tomam suplementos. Para tal deve escolher no MENU- DATA – SELECT CASES. Pede um IF, e deve selecionar a variável em que os inquiridos respondem se tomam ou não suplementos. Colocar a variável no espaço à direita e usar o teclado virtual para selecionar apenas os inquiridos cujas respostas sejam sim.

      Reply
  31. Ladislau Israel

    Olá a todos!

    Estou maravilhado com a interacção existente neste sítio pelo que, permitam-me dar-lhes os meus parabéns em geral e em particular a proprietária dessa magnífica ideia.

    questão: é a primeira vez que utilizo o SPSS 20 e já efectuei inquéritos à 250 pessoas com 9 afirmações e algumas têm 4 opções de escolha e outras 5, que são: Concordo totalmente, Concordo, Discordo, Não tenho Opinião e Discordo Totalmente.

    Ladislau Israel Lupassa

    Reply
    1. Teresa Post author

      Como não colocou nenhuma questão, passo a presumir que não sabe como classificar as respostas entre “concordo totalmente” e discordo totalmente”.
      Como se trata de respostas em escala tipo Lickert, deve inserir valores entre 1 e 4 ou entre 1 e 5, consoante o número de possíveis respostas da escala.

      Reply
  32. Ladislau Israel

    OI TERESA… Obrigado por responder d imediato

    não estou a trabalhar com questões mas, com afirmações. ex: Q.1. O Agente policial é educado e faz-se entender com clareza. opções: Concordo Totalmente; concordo; discordo; discordo totalmente; não tenho opinião

    Reply
    1. Teresa Post author

      O procedimento é o mesmo, quer se tratem de questões, afirmações, etc. A escala de medida de 4 ou 5 pontos serve para avaliar a opinião, etc

      Reply
    1. Teresa Post author

      Em muitos casos as respostas nulas não entram nas análises. Na base de dados, em variable view, pode definir um valor (por ex. 99) para assinalar respostas nulas em “Missing Values”

      Reply
  33. Andreia

    Olá a todos!

    Estou a fazer um trabalho final e utilizo o SPSS, e tenho algumas dúvidas.
    Agradecia se possivel que me ajudasse.
    Tenho uma base de dados no SPSS, de cerca de 800 inquéritos, e alguns deles foram mal introduzidos, em vez de colocarem 1-sim,2-não e 3-não sabe, aparece 11 ou 33, não sei se devo apagar as entradas ou colocar como ausentes?
    Tenho de construir uma tabela de contingência com as duas variáveis não numéricas. Não sei como fazer e quais as variáveis.

    Muito Obrigada
    Aguardo reposta

    Reply
    1. Teresa Post author

      Quando define os valores e o seu label respectivo pode também definir os Missing Values com valores entre 11 e 99, por exemplo. O problema dos 11 e 33 fica resolvido.
      Quanto à tabela de contigência pode fazer em ANALYZE- CROSSTABS e escolher as variáveis.

      Reply
      1. Andreia

        Muito Obrigada Teresa!
        O problema de fazer uma tabela de contingência, é que tenho duas variáveis, em que uma delas é de resposta Sim/Não e outra é possivel ter várias opções como resposta. Só não consigo perceber como cruzo estas variáveis. Se me conseguisse ajudar, agradecia muito!
        Obrigada

        Reply
  34. Susana Pereira

    Boa noite, realizei um inquérito no qual a pessoa podia para a mesma questão, escolher mais do que uma opção de resposta, a minha dúvida é como inserir no spss todas as opções de resposta dessa pessoa, para que no fim não contabilize mais do que o total da amostra!

    Aguardo resposta,
    Obrigada

    Reply
  35. Leandro

    Boa tarde!

    Estou tentando fazer a estatística do meu trabalho, e me deparei com uma dúvida, gostaria de comparar uma variável nominal entre duas amostras com tamanhos diferentes utilizando o teste de Mannwhitney. Se as amostras que eu quero comparar possuem tamanhos diferentes, isso influenciará nos resultados?

    Reply
  36. Susana

    Bom dia, o meu programa SPSS 22 estava a funcionar bem, até que deixou de me fazer análises como o test t, correlações etc, contudo, dá-me operações mais simples como frequências. O que acontece é que quando estou a fazer uma análise por exemplo uma correlação – bivariável, o comando ok e colar não está operacional, encontra-se com uma cor diferente. e não efetua a operação. Um outro exemplo, é que quando estou a pedir um test t para amostras independentes e pretendo definir os grupos não me deixa escrever. Será que alguém me pode ajudar? Cumprimentos,

    Reply
    1. Teresa Post author

      Confirme se não terá alterado as variáveis-tipo nominal, ordinal, de escala.
      Alguns testes só podem ser realizados para certos tipos de variáveis.

      Reply
  37. Ana

    Boa noite,

    Antes de mais parabéns pelo site 🙂 é brilhante!

    Estou a fazer um trabalho que consiste num questionário. Neste questionário para cada procedimento, pediu-se a cada pessoa que graduasse de 1 a 5 a dificuldade que sente na sua execução, ou podiam não responder caso não quisessem.
    1 – Como faço para comparar a dificuldade entre cada procedimento, para saber aquele que se destaca em termos de dificuldade?
    2 – Como relaciono cada procedimento (com os seus graus de dificuldade) com, por exemplo, o tempo de experiência (em anos)?
    3 – E para relacionar cada procedimento com a quantidade de tempo que passou desde que o fizeram desde a última vez, sendo que dividi este tempo por categorias (1 ano)

    Muito obrigada!

    Reply
    1. Teresa Post author

      Obrigada Ana
      1-compara as médias das duas amostras ou mais amostras
      2-análise de correlação
      3-análise de correlação (caso as categorias da variável ordinal tenham intervalos iguais entre elas)

      Reply
  38. Raquel

    Olá!
    Este site tem ajudado imenso! Eu tenho 3 dúvidas se conseguirem me ajudar fico muito grata 🙂
    Então, eu utilizei três testes na minha tese de mestrado (BSI, PANAS e SF-36) aplicados em 3 tempos distintos portanto para calcular o alfa tenho que incluir todos os testes? Ou faço o alfa individualmente para cada teste?
    A minha outra dúvida é a seguinte, no teste de kminorcoff-smirnov faço a análise individual para cada teste (tendo em consideração que tenho um grupo de controlo e experimental)?

    Muiiito Obrigada !

    Reply
    1. Teresa Post author

      Obrigada Raquel.
      Quando se aplicam escalas de avaliação em momentos diferentes pretende-se incidir o foco de análise nas alterações ocorridas, em média, nos sujeitos. Quando se analisa a fidelidade dos instrumentos de avaliação, o foco de investigação prende-se com o instrumento em si. Não faz muito sentido analisar a fidelidade dos instrumentos em todos os momentos em que os sujeitos são avaliados.
      Quer a BSI, a PANAS ou o SF-36 são instrumentos com subescalas. Deve analisar a fidelidade de cada subescala, assim como de cada instrumento.

      Reply
  39. Regina

    Boa tarde, admitindo que está a desenvolver um questionário com o objetivo de “traçar o
    perfil do turista que visita o território onde se desenvolve o projeto turístico cultural da Rota do
    Românico”, qual o tipo de perguntas que escolheria e porquê?

    Reply
    1. Teresa Post author

      Interessa sempre saber a idade, o género, de que pais vem- para caracterizar o turista.
      Saber quanto tempo fica, quanto gasta, onde se aloja- para saber se é turismo de estrato elevado ou não.
      Expectativas e avaliar o grau de satisfação com os monumentos, o alojamento, os preços, os preços dos museus, comida, excursões,etc- para saber se a satisfação é alta e perceber se está relacionada com as expectativas que tinha

      Reply
  40. Rafaela Santos

    Boa noite. Estou a fazer a inserção de dados e tenho uma questão.
    Numa pergunta em que o se questiona o grau de satisfação com o estado de saúde de 1 a 5 como crio esta variável? É só colocar a pergunta no rótulo,e não coloco nada no value? e depois insiro 1 ou 2 ou 3 ou 4 ou 5 conforme a resposta dada nos dados da variável?

    Outra questão, tenho numa outra pergunta uma escala para avaliar a autonomia de 1 a 5 em várias atividades do dia a dia. A situação da escala é a mesma dúvida que referi em cima, mas sendo várias escalas para a mesma pergunta, tenho de criar uma variável para cada atividade)? Obrigada

    Reply
  41. Abigail

    Tenho uma pergunta em um questionário da seguinte forma:
    Em uma palavra, defina corrupção ? (espontânea, multipla – acaba que a pessoa fala mais de uma palavra).

    Fiz a categorização das respostas e deram mais três colunas de variáveis… para cada questionário, foram de uma ou três respostas ditas. Editei no Excel e exportei para o BD do SPSS.

    Agora estou na dúvida de como compilar, agrupar, as três colunas em uma só.
    Eu quero, na verdade, fazer a frequência/análise descritiva também de todas as colunas. Tiveram respostas iguais em muitos questionários, as quais categorizei da mesma forma.

    Conseguiu entender? No Excel tem como fazer por meio de tabela dinâmica.. mas e no spss, como faço?

    Reply
    1. Teresa Post author

      Embora sejam 3 variáveis, correspondem a apenas uma pergunta. Pode optar por analisar a frequência de cada variável ou pode considerá-las como parte duma única pergunta. Neste caso, no menu do SPSS seleciona Analyze-Multiple Response-Define Variable Sets. Na janela aberta, deverá arrastar as variáveis, selecionar Dicotomies e colocar o valor 1 (terá de ter categorizado cada variável com 1 para assinalado e 0 para não assinalado).

      Para pedir as frequências terá de seleccionar novamente Analyze-Multiple Response-Frequencies, escolhendo depois o set já definido. Aviso que este Set desaparece assim que fechar o SPSS; não fica gravado na base de dados.

      Reply
  42. Filipa

    Boa tarde será que me poderia ajudar a responder a esta questão de um exame de spss por favor?
    “A escolha do tratamento adequado torna necessário identificar as escalas de medida das variáveis. Indique e explique de forma sucinta as escalas de medida, apresentando exemplos de variáveis para cada tipo de escala de medida”.

    Reply
    1. Teresa Post author

      A análise de conteúdo consiste em fragmentar uma resposta em tantas partes quantas ideias estiverem contidas nessa resposta.
      Imagine que lhe perguntam porque escolheu um determinado hotel. Poderá dizer algo do género:” Queria um hotel de qualidade mas não muito caro e que servisse um pequeno-almoço bufete”. Nesta resposta tem 3 ideias: qualidade, preço baixo, pequeno almoço bufete. Então terá de dividir esta resposta nestas 3 ideias. Para cada resposta irá fazer o mesmo. No final da fragmentação das respostas terá uma variedade de ideias que são as razões da escolha. Existirão algumas mais frequentes do que outras mas todas são importantes. Poderá depois agrupar as respostas em categorias. Por exemplo, no preço baixo poderá optar por categorizar apenas com preço e pequeno-almoço bufete poderá categorizar como alimentação ou refeições.

      Reply
  43. Joana

    A que tipo de escala de medida se refere a frase ” conjunto de categorias de resposta qualitativamente diferentes e mutuamente exclusivas”
    Obrigada!

    Reply
  44. Filipa

    Poderia indicar e explicar me dois aspetos que deveria ter em conta caso estivesse na fase de definir a amostra para o meu estudo por favor? Obrigada!

    Reply
    1. Teresa Post author

      Um aspecto importante é saber quais as análises estatísticas que vai realizar e qual o número de variáveis. Existem análises que requerem um determinado número de casos para cada variável. Por exemplo, na análise factorial duma escala, importa saber quantas perguntas a escala tem para determinar o N.

      Reply
  45. Ana

    Tenho uma variável com números e letras, ex ABC123 e pretendo, que fique apenas 123. Sendo que são 800 casos e ABC é comum a todos.

    É possível transformar a variável para todos os casos?

    Reply
    1. Teresa Post author

      Pode alterar em Edit-Replace e altera ABC para nada. Ficam apenas os números. Depois tem de passar a variável de alfanumérica a numérica no Variable View-Type.

      Reply
  46. xanguita

    Olá eu criei uma base de dados no excell e não consigo construir no spss. O meu questionário basicamente é em etnobotanica e perguntei quais as plantas usadas para a várias categorias de uso nomeadamente construção, combustível, medicinal…E dentro delas sub-categorizei em usos, por exemplo: para medicina usa-se para cefaleias, ferimentos, dores de barriga, etc., e isto ocorre em todas outras categorias. Como construo sabendo que devo determinar estas categorias em subcategorias? O meu objectivo é saber que especies e categorias foram mais citadas por cada entrevistado? Obviamente os usos também (subcategorias) para cada especie e cada entrevistado. Eu estava a pensar em criar outra base de dados para as especies e colocar os entrevistados como variáveis. Por favor isto está dar-me em doida
    Beijinhos
    Raquel

    Reply
    1. Teresa Post author

      Deve ter uma variável com o nome da planta, outra variável com o uso (construção, combustível, medicinal), outra variável com o uso específico, e assim sucessivamente.

      Para cada planta vai assinalar o nome, o uso e o uso específico.

      Reply
  47. xanguita

    Mais…Uma espécie pode ter varias categorias de uso (medicina, construção, combustível). Se forem duas bases de dados não posso cruzar estes dados, pois quem cita são os entrevistados.

    Beijinhos

    Raquel Xanguita

    Reply
  48. Patrícia Sousa

    Olá!
    A minha dúvida é a seguinte:
    No caso de ter uma pergunta que depende da anterior (e.g. Se sim, qual é….), o que inserimos nessa variável para as pessoas que responderam não? É melhor criar o value “Não aplicável” ou deixar em branco?

    Desde já agradeço imenso a ajuda!

    Reply
  49. Carla

    Olá! Tenho a situação em que os inquiridos têm de escolher 3 projetos que gostariam de ver desenvolvidos, e nos quais, como sugerido acima, coloquei as variáveis: 0= não assinalou e 1= assinalou. Contudo, a última opção para o inquirido é: “Outro. Qual?”. Como esta é a questão 8, optei por a desdobrar em 8 e 8.1. Assim se alguém assinalar à questão 8 atribuo 1, e se for respondida à questão “Qual”, em 8.1 coloco a resposta aberta. Está correto desta forma ou há uma mais adequada?

    Obrigada!

    Reply
      1. Carla

        Muito Obrigada!

        No caso de não assinalarem a opção 8, eu estou a colocar “99” na questão 8.1, pois não é aplicável. E há vezes que eles assinalam a opção 8, mas depois não especificam “qual” estou a colocar “0”, pois não assinalou. Está correcto?
        Muito obrigada!
        PS: Este site está um espectáculo!

        Reply
  50. Sofia

    No SPSS como atribuímos valores aos itens a que os participantes não reponderam em alguns questionários de auto-relato, de modo a terem um valor para este item e evitar perda amostral?

    Reply
    1. Teresa Post author

      Quando os inquiridos não respondem pode deixar em branco ou identificar como 9 ou 99 ou 999 (na coluna dos “Missing Values”).
      Quaisquer que sejam os valores (9, 99, 999) é sempre entendido pelo SPSS como missing values (valores omissos).

      Reply
  51. Sérgio

    Boa noite.
    Tenho uma dúvida. Não estou a conseguir calcular a fiabilidade do meu questionário, através do alpha de cronbach. Isto porque tenho valores omissos julgo eu. Tenho-os porque há respostas que os entrevistados não têm de dar por força da configuração do próprio questionário. como faço então para calcular o alpha?

    Reply
    1. Teresa Post author

      Terá de fazer a análise em cada grupo para diminuir o número de missing values. Mas poderá existir uma outra forma mas só trabalhando a base de dados

      Reply
    1. Teresa Post author

      Cria uma variável onde define o número do pai. Cada filho tem associado o número do pai. Podem existir vários filhos com o mesmo número de pai.

      Reply
      1. Saide

        Claro ja criei variavel do numero do pai e dos filhos. Talvez a duvida esta na associacao por exemplo 1 (pai) tem filho 1.1 andre 1.2 Joao, 1.3 Manuel sucessivamente. Agora junção da forma mais simples? Bom trabalho

        Reply
  52. Dolca

    Ola, tenho uma duvida, come dar nome da variável a partir de uma pergunta do questionário??

    Por exemplo,
    Com que frequência você faz as doações no …

    Qual seria o nome da variável?
    Obrigada

    Reply
    1. Teresa Post author

      Os nomes das variáveis têm de fazer sentido para si. Mas FREQ_DOA. pode ser um nome aplicável a essa variável.

      Reply
  53. Dario Aristides

    Ola Teresa, tenho uma inquietação. Caso eu crie novas variáveis às respostas (ex: 1- Sim; 2- Não) para o exemplo do Gilberto Neves no primeiro comment, caso ele responda “1-Sim” em uma só variável, há necessidade de colocar “2-Não” nas outras? Isso no SPSS?

    Reply
  54. Jadson Santos

    Estou introduzindo dados no SPSS, e tenho duas duvidas:
    1ª) Numa questão introdutória (Género; 1-Masculino; 2-Feminino), porém no apresentação do gráfico me aparece 3 barras, uma sem nenhuma identificação, Masculino e Feminino;
    2ª) Uma das questões do meu inquérito da a opção de escolher varias alternativas (Ex: Atualmente pratica alguma atividade física? Sim () Não () Se sim qual/quais: Andebol, Basquetebol, Futebol, Ginástica, Atletismo, Ciclismo, Voleibol, Natação, Caminhada) como criar as variáveis?

    Reply
    1. Teresa Post author

      Jadson
      1)Tem de ver na sua base de dados se tem outro valor para além de 1 e 2.
      2) Tem de ler o artigo de fala das perguntas de resposta múltipla.

      Reply
  55. Ricardo

    Olá,
    desde já, muito obrigado pelo trabalho e dedicação. O seu site tem me ajudado muito.
    Tenho uma dúvida sobre a utilização de strings. Em uma questão do tipo: “Cite 5 jogadores que vem a sua mente.” Como inserir múltiplos valores?

    Reply
    1. Teresa Post author

      Tem de criar tantas variáveis quanto as respostas.
      Mas se estiver apenas a analisar o número de jogadores de que a pessoa se lembra, então basta que utilize uma variável de escala.

      Reply
  56. Raquel

    Já trabalhei há vários anos com o SPSS, mas não me recordo como fazer para criar uma varíavel,ou várias, em que, para cada resposta, existem 5 possibilidades (discordo totalmente, discordo, etc). Como fazer? Muito obrigada

    Reply
    1. Teresa Post author

      É simples. Trata-se duma variável ordinal em que, nos valores (Value) são criadas categorias de resposta. Para o valor 1 atribui discordo completamente, valor 2 atribui discordo…etc

      Reply
  57. Cátia

    olá antes de mais parabéns pelo site ! tenho uma dúvida…
    Criei os rótulos para variáveis da idade, género, rendimento, nivel escolaridade etc no entanto no variable view quando altero de “string” para “numeric” dá um erro, por exemplo, na idade eu altero de string para numeric e aparece esta mensagem “Some value labels or missing values specifications will be discarded for Idade” carrego no ok desta mensagem e vou ao data view e os dados desaparecem ou aparecem pontos finais ou 0… E acontece o mesmo com todas as variáveis idade, género etc que inseri os rotulos no “Values”.
    Se me puder ajudar agradecia imenso.

    Reply
    1. Teresa Post author

      Sim, isso acontece.
      Tem de trabalhar as variáveis sem perder os valores.
      Para isso tem de usar a recodificação automática e, depois de ver o output, deve criar as categorias de resposta no variable view.

      Reply
  58. Carolina Aguiar

    Olá!
    Estou fazendo um trabalho de investigação. Uma das variáveis é a glicemia capilar de determinados pacientes. Esta variável tem as opções (normal, hiperglicemia, hipoglicemia e não prescrita). Já quantifiquei no SPSS quantos/porcentagem dos pacientes tiveram a glicemia capilar normal, hiperglicemia, hipoglicemia ou não prescrita. Agora gostaria de relacionar esses paciente que tiveram hiperglicemia com outras variáveis do meu estudo. É possível?
    Obrigada!

    Reply
  59. Claudia Lima

    Boa tarde. Pedia uma ajuda. Tenho de introduzir a variável “A que horas de deita?”. Como faço para criar esta variável?
    É numérica e 30 minutos transformo em 0.5?
    É Ordinal?

    Obrigada

    Reply
    1. Teresa Post author

      Se os respondentes assinalaram uma resposta ou um intervalo de resposta, será ordinal.
      Se escreveram a hora a que se deitam então é uma variável de escala.

      Sei que existe a possibilidade de criar uma variável hora mas nunca utilizei.

      Reply
  60. Leticia Nascimento

    Boa noite!

    Possuo uma tabela no spss, com alguns valores ausentes, pelo motivo de eu não ter o dado. E está acontecendo do spss excluir a linha inteira, no caso o sujeito inteiro, por causa de umas poucas células vazias, o que faço? quero que meu “n” seja total nas que estão completas e nas que estão incompletas, aí tudo bem o n ser incompleto. Poderia me ajudar??

    Reply
    1. Teresa Post author

      Cada teste estatístico tem os seus procedimentos padrão. Assim, podem não ser considerados determinados casos quando os valores em falta são superiores a um determinado valor (para alguns testes os valores em falta não podem exceder 20%).

      Reply
  61. vera marques

    BOA NOITE,
    tenho um questionario de avaliação de conhecimentos em que as respostas sao SIm e NAO.
    coloquei as variaveis com a resptiva resposta (1=sim; 2=nao).
    agora, queria recodificar a variavel de acordo com a resposta certa, mas nao sei como fazê-lo- será que me podia dar uma ajuda sff?

    Reply
    1. Teresa Post author

      Tem de criar uma nova variável em que fica especificado que só conta a resposta certa.
      Em “Transform-Compute Variable” cria uma nova variável com novo nome (por ex. resposta certa) em Target Variable. Digamos que a resposta certa à pergunta 1 (P1) será 1-Sim. Na Numéric Expression coloca P1=1.

      Reply
  62. Sabrine

    Bom dia!
    Estou a realizar a minha tese de mestrado na qual a minha parte metodológica passa pela aplicação de inquéritos e consequentemente o uso de spss.

    Tenho essencialmente duas dúvidas:
    1) Como posso distinguir num inquérito os missing value de uma resposta em branco por “obrigatoriedade”? Ou seja na última questão do meu inquérito eu pergunto aos inquiridos se têm algum dependente a cargo no seu agregado familiar (ex: filhos, séniores, etc) e enuncio na mesma pergunta que se tiverem devem indicar as quantidades. Acontece que há casos em que não obtenho resposta, como posso interpretar? Interpreto como missing value ou simplesmente que o inquirido não tem dependentes? Como devo proceder neste caso particular?
    2) A outra questão centra-se no seguinte: Nesta mesma pergunta do meu inquérito que abordo há pessoas que respondem que têm, imaginemos, 1 filho, e não preenchem mais nada porque não têm mais nenhum dependente a cargo. Devo colocar “0” ou deixar espaço em branco?

    Obrigada.

    Reply
    1. Teresa Post author

      1) Tem de dividir a questão em duas variáveis: a) tem dependentes-resposta sim/não e b) quantos dependentes.
      2) Deve colocar zero

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *