Associação entre uma variável nominal e uma variável ordinal-problemas

Por vezes surgem algumas dificuldades quando se utiliza o teste do Qui-quadrado nas associações. O mais comum é surgirem células vazias.

Como exemplo, associou-se o género com a percepção de felicidade. No output gerado são apresentadas 3 tabelas: a primeira apresenta a percentagem de casos que foram utilizados na análise; a segunda apresenta o número de casos em cada classe, para cada género; e a terceira apresenta os valores e as significâncias dos testes de associação. A nota da terceira tabela diz-nos que existem células (na segunda tabela) que apresentam menos do que 5 casos, o que impede a utilização deste teste. Neste caso, pode optar-se por seleccionar apenas os casos em que não existem células vazias. Assim, a classe Nada ou muito ligeiramente será excluída e procede-se a nova análise.

qui-vazio

 

 

 

 

 

 

 

19 thoughts on “Associação entre uma variável nominal e uma variável ordinal-problemas

  1. Gilberto Neves

    Não entendi muito bem essa história de menos cinco casos. do que percebi, também a classe “um pouco” tem menos de cinco casos. não deveria, também, ser excluida?

    Reply
  2. Danielly

    Boa noite,

    Gostaria muito que vc possa me ajudar em algumas duvidas que tenho.
    Primeiramente, gostaria de saber se posso utilizar algum teste não paramétrico para analisar simultaneamente variáveis na escala ordinal e de razão? Qual poderia utilizar para avaliar dados na escala nominal e ordinal?
    Estou utilizando o software statistica, porem estou sentindo muitas dificuldades.

    Desde já agradeço sua atenção.

    Reply
    1. Teresa Post author

      Em relação a esse software não a posso ajudar.
      No entanto os testes para variáveis ordinais e nominais são apenas os não paramétricos. Existem vários testes e são escolhidos de acordo com o número de respostas da variável ordinal e dependendo do objectivo em estudo. Primeiramente poderia utilizar o Qui-quadrado para a variável nominal. Acontece, por vezes, aparecerem muitas células vazias (que normalmente é anunciado junto às tabelas) e aí terá de escolher outro teste. Cada caso é um caso.

      Reply
  3. Tatiana

    Boa noite

    Alguém me sabe dizer que tipo de teste devo utilizar se quer relacionar uma variável nominal (género) e uma variável quantitativa?
    Obrigada

    Reply
    1. Teresa Post author

      Depende do que pretende saber.
      Se quer saber se existem diferenças de género na variável quantitativa, utiliza uma análise de diferenças (teste t de Student ou Mann-Whitney).
      Se pretende saber se as variáveis estão relacionadas pode utilizar o teste ETA.

      Reply
  4. Ângela Lima

    boa noite
    alguém me consegue dizer se podemos relacionar variaveis nominais com variaveis nominais e variaveis ordinais com variaveis ordinais?
    Obrigada

    Reply
    1. Teresa Post author

      Para as variáveis nominais pode usar-se o Qui-quadrado.
      Para as variáveis ordinais usa-se o Ró de Spearman.

      Reply
  5. Joana Costa

    Bom dia. Preciso de correlacionar variáveis qualitativas (nominais e ordinais). Devo utilizar o teste do qui quadrado ou o rho de spearman ou correlação de pearson? Obrigada.

    Reply
    1. Teresa Post author

      A correlação de Pearson é para dados quantitativos. Para qualitativos, o ró de Spearman para ordinais e qui-quadrado para nominais.

      Reply
  6. Maria

    Boa tarde. Ao fazer o qui- quadrado deparei-me com categorias com menos de 5 casos, e pretendia saber se é legitimo eliminar essa categoria e considerá-las missing? Não enviesa a análise, estar-se a eliminar esses registos? Obrigada.

    Reply
    1. Teresa Post author

      Pode eliminar categorias e analisar apenas algumas. Basicamente é como se os indivíduos dessas categorias não existissem nessa análise. Em termos de apresentação dos resultados deve referir quais as categorias que foram objecto de análise.

      Reply
  7. Maria

    Boa tarde. Ao fazer o qui-quadrado deparei-me com categorias com menos de 5 casos, onde o qui quadrado é não válido. E na tabela do output consta o teste exato de fisher, posso utilizar este teste para tirar as mesmas conclusões que com o qui quadrado, diretamente do p-value?
    Obrigada

    Reply
  8. Anna Luiza

    Boa tarde , estou finalizando meu trabalho de tcc e acredito que minha duvida seja simples em volta de todo conteúdo brilhante do site mas realmente sou muito nova usando este programa e não tive auxilio .
    Bom o que eu gostaria de saber e quando tenho uma pergunta ja com resposta fechada , porem os entrevistados marcaram mais de uma das respostas o que era esperado , como faço para introduzir isto no spss
    Agradeço desde ja a atenção

    Reply
  9. Ewerton

    Olá minha dúvida é a seguinte:
    tenho as variáveis sexo (masculino; feminino) e nível de atividade física (sedentário ou pouco ativo; moderadamente ativo; ativo). gostaria de saber se há diferença significativa entre sexos quando comparado as categorias sedentário ou pouco ativo, moderadamente ativo e ativo.
    qual o melhor teste?
    tenho um N de 50 sujeitos (25 masculino; 25 feminino)

    Reply
  10. Luanda Pereira

    Boa noite, Teresa!

    Estou com dúvidas quanto à utilização do qui-quadrado de Pearson, pois há informação em alguns locais sobre sua utilização exclusiva nas tabelas 2×2.

    Tenho como variável dependente a ocorrência ou não de lacerações (1= sim, 2 = não) e quero saber se cada uma destas variáveis abaixo influenciam na ocorrência da laceração:
    – estado nutricional (1 = baixo peso, 2= adequado, 3= sobrepeso e 4= obesidade);
    – idade (mínimo de 13, máximo 44 anos);
    – perímetro cefálico (mínimo de 22, máximo de 37cm).

    Que tipo de teste devo utilizar para encontrar a associação em cada tipo de cruzamento?

    laceração (1 ou 2) X estado nutricional (1 ou 2 ou 3 ou 4)

    laceração (1 ou 2) X idade (13 – 44 anos)

    laceração (1 ou 2) X perímetro cefálico (22,5 – 37cm)

    Agradecida pelo retorno!

    Reply
    1. Teresa Post author

      A laceração é uma variável nominal com 2 categorias de resposta.
      O estado nutricional é ordinal com 4 categorias de resposta.
      A idade e o perímetro cefálico são variáveis escalares.

      Assim:
      laceração (1 ou 2) X estado nutricional (1 ou 2 ou 3 ou 4)- Teste de Mann-Whiteny
      laceração (1 ou 2) X idade (13 – 44 anos)- teste t
      laceração (1 ou 2) X perímetro cefálico (22,5 – 37cm)- teste t

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *