Recodificação de variáveis- inversão de itens

Algumas escalas de avaliação são construídas com itens cujo sentido conceptual se encontra oposto ao dos restantes itens. Nestes casos, os autores das escalas determinam que, para o cálculo da pontuação, o valor atribuído deve ser invertido.

Para a recodificação dos itens, é sempre preferível criar uma nova variável para se manterem os dados originais. Os comandos são :transform/recode into different variables a partir dos quais se abrirá uma janela onde se escolhe a variável a trabalhar, o novo nome e o label. Carregando-se em old and new values, abre-se uma nova janela onde se atribuem os novos valores aos valores numéricos já existentes. De acordo com o exemplo da imagem seguinte, a variável Escala_1 pode assumir valores numéricos entre “0” e “6”, sendo que ao valor “0” corresponde o label “discordo completamente”  e ao valor “6” corresponde o label “concordo completamente”. A nova variável, com a inversão, assume os valores “0-concordo completamente” e “6-discordo completamente”.

inversao-itens-2Na base de dados podemos confirmar que a variável Escala_1_invertido apresenta os novos valores, conforme a inversão realizada.

inversao-itens-3

 

37 thoughts on “Recodificação de variáveis- inversão de itens

  1. Linda Alexandre

    No meu questionário tenho a seguinte variavel: numero de cigarros por dia

    Na value labels
    0=0 cigarros
    1=Menos de 10
    2=De 11 a 20
    3=Mais de 21

    Há a necessidade de recodificar a varialvel ?

    Reply
    1. Teresa Post author

      Qual o objectivo da recodificação?
      O que tem é uma variável ordinal em que ‘0’ corresponde a nenhum cigarro, ‘1’ corresponde a fumar menos de 10 cigarros, etc

      Reply
  2. roberto

    Bom dia.
    Tenho a seguinte duvida:
    Um questionário tipo Likert constituído por 2 fatores (Disciplina e Indisciplina) apresenta itens positivos (ex. O teu comportamento na aula é positivo) e negativos (ex. Não obedeces às instruções do professor).
    Para proceder à análise de componentes principais e alfa de cronbach devo inverter a escala p/os itens negativos?
    E se pretender criar uma variável que indique a média fatorial para cada fator devo trabalhar sobre os dados originais ou invertidos?
    Desde já grato pela atenção despendida e pela partilha e trabalho do site.

    Cumprimentos

    Reply
    1. Teresa Post author

      Para a análise de componentes principais e alpha de Cronbach não faz diferença que os itens estejam ou não invertidos.
      Para a média duma dimensão ou factor tem obrigatoriamente de inverter os itens.

      Reply
  3. roberto

    Obg pela resp. Teresa. ainda tenho duvidas.
    O instrumento tem dois factores.
    1 – Factor Disciplina com itens positivos;
    2 – Factor Indisciplina com itens negativos.
    A escala de likert vai de 1 (Totalmente em desacordo) a 5 (totalmente de acordo).
    A minha duvida é se inverter os dados nao terei a dar scores elevados à dimensão negativa?
    p.e. para o item: “Não obedeço ao professor” verifico que a resposta é 1 (discordo totalmente) portanto parto do princípio que o inquirido obedece ao professor…a duvida é a seguinte….se eu inverter esta resposta terei a dar valor de 5 e a dizer que concorda totalmente com a afirmação.?

    Se realizar a média factorial com os dados originais e construir uma variável factorial para cada uma dos dois factores verifico que o factor indisciplina apresenta uma média mais baixa comparativamente ao factor disciplina. trabalho nestes dados ou devo mesmo inverter todos os itens do factor indisciplina?
    Grato pela disponibilidade.

    Reply
    1. Teresa Post author

      Se no factor disciplina, as respostas são 1-totalmente em desacordo até 5- totalmente de acordo e se no factor indisciplina as respostas são 1-discordo totalmente até 5-concordo totalmente, então não deve inverter os itens.

      Reply
  4. Marta

    Boa tarde,

    Tenho 3 itens dos quais 1 está inversamente codificado. Na tabela de frequências a moda é igual a 1 para todos eles. O item negativo não deveria ter um número mais elevado, mais precisamente 5 (escala de 5 pontos)? Isto acontece em vários itens. Neste caso corresponde à confiança: dois itens sugerem que não se confia na outra parte, o item inverso sugere o oposto.

    Obrigada,
    Cumps

    Reply
    1. Teresa Post author

      Se o item está em sentido inverso tem de o recodificar de forma a que o 5 passe a 1, etc.
      Se já o fez, os resultados são esses.

      Reply
      1. Marta

        Obrigada pela resposta rápida!

        A minha dúvida é, um inquirido responde da seguinte forma: Confio na empresa (1), Sinto que posso confiar na empresa (1) e Não confio na empresa* (1).

        *inversamente codificada

        A moda será 1 para os três itens…invertendo a escala seria 1/1/5 respetivamente. Terei os dados errados ou é normal acontecer isto? Á partida não deveria ser logo 1/1/5 sem inverter o item e 1/1/1 após inverter o item?

        Muito obrigada,
        Cumps

        Reply
        1. Teresa Post author

          Pode colocar aqui a pergunta invertida e a outra não invertida, assim como as categorias de resposta?

          Reply
          1. Marta

            1 Confio que este prestador de serviço cumpre as suas promessas.
            2 Considero este prestador de serviço digno de confiança.
            3 Não confio neste prestador de serviço.*

            *Inversamente codificada

            Todas numa escala de likert de 5 pontos, onde 1 corresponde a “discordo totalmente” e 5 a “concordo totalmente”

            A moda obtida para todos os itens é 1.

            Obrigada!

          2. Teresa Post author

            Vamos supor que na pergunta 3 eu respondo 5. Eu estou a dizer que não confio nada no prestador de serviço.
            Na pergunta 1 respondo 1 (Não confio nada que o prestador de serviços cumpra as promessas) e respondo 1 na pergunta 2 (não considero este prestador se serviço digno de qualquer confiança. O meu total para as 3 perguntas será 7 pontos. Este total indica que, em média, eu confio 2,3 num intervalo de 1 a 5 pontos.

            Mas se eu inverter o item 3, a minha resposta 5 passa 1 mas terá o mesmo significado. Porque 5 passa a ter o significado discordo totalmente e 1 passa a ser concordo totalmente. O meu total passa a ser 3 pontos. Este total indica que, em média, eu confio 1 num intervalo de 1 a 5 pontos.

  5. Mara Resende

    Boa tarde, tenho uma dúvida relativamente à constituição de subescalas. A escala apresenta itens invertidos, portanto ao fazer a subescala tenho de considerar os invertidos certo?

    Em relação à análise de componentes principais e alfa de cronbach, devo utilizar os itens invertidos. Experimentei com o alfa e este varia de valor se utilizo os itens invertidos ou normais. Como é correto fazer ? Atentamente, Mara

    Reply
    1. Teresa Post author

      Pela minha experiência, inverter-se ou não nos itens não interfere os valores da consistência interna nem na análise das componentes principais.

      Se o alpha variou é porque pode ter-se esquecido de algum item. Para fazer correctamente e poder verificar, escreva sempre na syntax (paste). Todos os comandos ficam escritos e pode verificar se não se esqueceu de algum item. Depois pode mandar correr as análises a partir da syntax.

      Reply
  6. Sofia

    Boa tarde Teresa,

    Estou com uma dúvida em relação às escalas, que me está a impossibilitar de continuar a minha análise.

    No meu questionário, tinha os seguintes items:
    a) Sinto que pago um preço justo por um bilhete
    b) O preço de um bilhete é mais elevado do que outras alternativas atuais para passear
    c) Estou disposto a continuar a ver filmes, mesmo que o preço dos bilhetes aumentem
    d) Se os preços aumentassem, recorreria com mais frequência a outras alternativas
    e) sinto que pago muito por xxx serviços

    A escala, para todas, está: (1) Discordo totalmente a (5) Concordo totalmente.

    Na Análise de Componentes Principais, está a agrupar-me em: componente 1 (a,c,d) e componente 2 (b,e). Contudo, estes items são todos referentes ao preço.

    Não há forma de colocá-los na mesma componente? Estará relacionado com a escala?
    E devo inverter algum item?

    Obrigada,
    Sofia

    Reply
    1. Teresa Post author

      Antes de mais, a inversão de itens só interessa quando calcular a pontuação da dimensão ou factor.

      Se na análise das componentes esse foi o resultado, então significa que nessa amostra as pessoas responderam de forma idêntica nas questões a,c,d. e também responderam de forma idêntica nas questões b, e.

      Pode forçar a análise a um menor número de factores e tentar perceber se existe uma melhor solução que faça mais sentido.

      Reply
  7. Sofia

    Boa noite Teresa.
    Desde já obrigada pela sua resposta. Consegue explicar melhor o que quis dizer com esta frase: “Antes de mais, a inversão de itens só interessa quando calcular a pontuação da dimensão ou factor.”?

    Além disso, a minha dúvida está no seguinte: as respostas estão agrupadas em 2 componentes (porque responderam de forma idêntica dentro de cada componente). Contudo, as componentes não se estão a agrupar, e ambas tratam a dimensão do “preço”.

    Como posso resolver esta situação?

    Obrigada

    Reply
    1. Teresa Post author

      Para a análise fatorial não importa se inverte ou não os itens que são para inverter.
      Se a análise fatorial não encontra as componentes da forma como espera é porque nesta amostra o resultado é esse. É importante experimentar uma rotação oblíqua e outra ortogonal e comparar os resultados.

      Reply
  8. Nessie

    Olá,
    Quando uma variável é a soma de variáveis anteriores, por exemplo o total de respostas certas como classifico essa variável?

    Reply
  9. Rute Moreira

    Boa noite,
    Podem inverter-se só alguns itens da escala visto serem somente esses que têm um sentido inverso aos restantes?

    Reply
  10. Margarida

    Boa tarde,
    apliquei um questionário no Formulário do Google, e transferir os dados em excel, passando-os para o SPSS.
    No SPSS a escala de Likert aplicada a várias questões não tem o “concordo” “discordo” (etc) codificadas.
    É necessário codificar (de 1 a 5 neste caso) cada uma das variaveis para poder aplicar estatistica ?

    Ainda em relação ás várias variáveis onde é aplicada a escala Likert… Como se procede nestes casos? Como se consegue inserir várias variáveis numa única tabela/gráfico?

    Obrigada desde já !

    Reply
  11. Sofia

    Boa tarde,

    Estou a fazer uma análise em componentes principais de uma escala com 50 itens.
    Fiz a análise de forma a só ter os itens superioes a 0.5 (carga fatorial). Mas nos resultados não me aparece a solução fatorial com a rotação, porquê?
    Obrigada desde já!

    Reply
  12. Joana

    Boa tarde.
    Para fazer uma Análise Factorial Exploratória insiro os itens invertidos ou não é necessário?
    Obrigada

    Reply
  13. roberto zuccon

    Prezada Teresa!

    Apliquei um questionário likert 1 a 5, referente às três dimensões(afetiva, instrumental e normativa) o comprometimento organizacional. Cada dimensão possui 6 perguntas, totalizando 18 variáveis, tipo escala, dependentes. Porém como faço no SPSS para transformar o resultado de cada grupo de 6 perguntas( variáveis) numa única variável com o objetivo facilitar a interpretação da correlação e regressão.
    Antecipadamente agradeço.

    Reply
  14. Andreia

    Boa tarde,

    Após realizar uma análise fatorial obti 3 componentes.
    Fazendo uma análise com rotação oblimin, na tabela Matriz Padrão, tenho 3 componentes e alguns itens encontram-se em mais do que um componente, apresentando valores positivos e negativos.

    Assim sendo posso concluir que os 3 componentes obtidos partilham itens do meu questionário? Isto mostra-me que o questionário está mal construido?

    Obrigada pela atenção

    Reply
    1. Teresa Post author

      Itens que apresentem valores acima de 0,30 em mais do que um factor mostram que o conteúdo da pergunta pode ser percebido de diferentes formas pelos respondentes. No entanto, alguns autores consideram que, havendo diferença de valores de mais de 0,20 entre as cargas factoriais do item, opta-se por identificá-lo no factor onde o valor da carga factorial seja mais elevado.
      Não significa obrigatoriamente que o questionário esteja mal construído mas que o conteúdo desses itens deve ser melhorado de forma a que seja entendido de forma inequívoca pelos respondentes. Pode ser uma questão de tradução do questionário original.

      Reply
  15. Lupita

    Olá!
    Primeiramente, obrigada por este site! Tenho encontrado várias informações úteis aqui!

    Tenho uma dúvida sobre itens reversos:
    A minha pesquisa é um survey cujo objetivo é verificar se os respondentes demonstram atitudes críticas (negativas) com relação aos papéis de gênero retratados nas propagandas.

    Na escala, para que a atitude demonstrada seja considerada crítica em alguns itens o respondente deve concordar com a afirmação e, em outros, deve discordar. É uma escala tipo likert 7 pontos que varia do discordo totalmente (1) ao concordo totalmente (7).

    Por exemplo, no item:
    “As propagandas que eu vejo sugerem que as mulheres tomam decisões importantes” –> o respondente deve marcar que discorda para demonstrar uma atitude crítica a essa questão.

    Este seria um item reverso? Devo inverter os dados para análise (se a pessoa marcou 7, devo inverter para 1)?

    Muito obrigada!

    Reply
    1. Teresa Post author

      Esse item deve ser invertido para que o “concordo” seja cotado com uma pontuação baixa e o “discordo” seja cotado com uma pontuação alta.
      Inverter significa que todos os itens que contenham uma ideia crítica devem ter a pontuação mais alta no “concordo totalmente” e a pontuação mais baixa no “discordo totalmente”. Os itens positivos (ou que não contenham crítica) devem ser cotados com a pontuação mais baixa no “concordo totalmente” e a mais alta no “discordo totalmente”.

      Reply
  16. Sara

    Boa noite, tenho uma dúvida tenho que fazer o seguinte primeiro cotar o instrumento.O cálculo de cada subescala e do score total é feito através do somatório dos valores obtidos em cada item, sendo esse somatório final convertido em percentagem de forma a facilitar a interpretabilidade dos resultados obtidos. No caso dos itens 99, 103 e 107 deverá ter sido em consideração que são itens com pontuação invertida. O valor mínimo que é possível obter em cada subescala é, pois, 0 e o valor máximo 100, sendo que, quando maior o valor, maior será o nível de literacia apresentado pelo indivíduo.

    A minha dúvida é no spss como posso calcular itens normais com invertidos?

    Cumprimentos

    Reply
    1. Teresa Post author

      A inversão dos itens permite depois somá-los numa dimensão ou factor. Se criou uma nova variável chamada item24_invertido, é essa variável que deve considerada para o cálculo da pontuação.
      Quando se inverte um item está a dizer-se que os valores existentes na base de dados são alterados, que o 5 passa a 0; o 4 passa a 1, etc.
      Quando o valor do item invertido é somado para calcular a pontuação numa dimensão, já são os novos valores que serão somados.

      Reply
  17. Érika

    Bom dia, tenho uma dúvida, é possível recodificar duas variáveis para uma só. Pergunto isso porque estou a trabalhar com SF-12 e existem duas variáveis (SF_12_2 e SF_12_3) que fazem parte da mesma dimensão (Função física), e ao recodificar não consigo selecionar as duas. Será que tinha que recodifica-las separadamente e cada uma criaria outra variável ou tem uma forma de recodifica-las numa única variável?

    Obrigada!

    Reply
    1. Teresa Post author

      Não entendi a sua questão, Érika. Pode explicar melhor?
      Fala em recodificar cada variável mas também fala em juntá-las.

      Reply

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *